Plantas para dentro de casa renovam a decoração e deixam os ambientes mais agradáveis e elegantes

30 Mar 2021 | Guaíba Park Decoração | -

Autor:

Além de darem um up no visual dos ambientes, as plantas para dentro de casa são excelentes opções para compor a decoração sem alto custo. Além disso, são de fáceis cultivos e requerem apenas poucos reparos. O principal detalhe é aguá-las corretamente, bem como colocá-las em locais onde a luz natural, ou seja, do sol, incida de acordo com a necessidade de desenvolvimento de cada uma. Salas, varandas, cozinhas, lavabos, banheiros e inclusive quartos podem ser decorados com lindas espécies.

Confira, a seguir, as dicas de plantas para dentro de casa que separamos para você.

Kalanchoe

Colorida e delicada também é chamada de Erva-da-Costa, Coerana e Flor da Fortuna. Com folhas que resistem ao calor, necessitando dos raios solares somente poucas horas do dia, a planta não precisa de muita água para se desenvolver. No verão regue-a duas vezes na semana e no inverno uma vez já é suficiente. Porém, atente-se para que não fique água acumulada no vaso para que as raízes não apodreçam.

Camedórea-elegante

Esta planta, na versão pequeno porte, alcança até 60 cm de altura, sendo conhecida como palmeira miniatura. É de fácil manutenção, mas não suporta raios solares. Por isso, cultive-a distante de janelas que tenham incidência direta da luz natural. A Camedórea-elegante deve apenas receber claridade indireta. Cuide para que seu substrato se mantenha sempre úmido. Seu crescimento é lento.

Lírio-da-paz

Esta folhagem ornamental floresce dentro de casa e com pouca luz. Se multiplica rapidamente, formando robustos tufos. É uma planta exuberante e muito fácil de saber quando necessita de água: suas folhas ficam na posição horizontal como se estivessem desmaiadas. Assim que regadas voltam bem ligeiro à vertical.

Cactos

De beleza exótica e tamanhos diversos, os cactos são fáceis de cuidar. Se adaptam a lugares quentes e áridos, acumulando água em seus tecidos. Isso ocorre por serem plantas suculentas, ou seja, plantas que raiz, talos ou folhas foram engrossados para permitir armazenamento de água bem maior do que outras folhagens. Entre os belos tipos de cactos estão cacto ouriço, barba de velho e capuz de monge.

Cacto ouriço, deve ser cultivado em ambientes com sol pleno, floresce no verão e atinge até 1,5 metro de altura.

Barba de velho, tem esse nome pela grande quantidade de pelos brancos que a planta tem. Seu florescimento se dá somente após 20 anos de plantio e possui flores vermelhas. Também necessita de ambiente com muito sol.

Capuz de monge, cresce até 2 metros de altura, sendo uma planta cilíndrica, por isso seu nome. Seu cultivo também precisa da incidência total de raios solares.

Orquídeas

Flor de fácil manutenção, são muito usadas para decorar diferentes espaços. Além de deixarem o ambiente mais elegante, as espécies são encontradas em diversas cores, marcantes e delicadas ao mesmo tempo. Para muitas pessoas seu cultivo é um passatempo, quase uma terapia. Plantas versáteis e originais não se dão bem com excesso de água, por isso dê preferência a cultivá-las em vasos de barro, adicionando cascalhos ao fundo, para favorecer a drenagem da água, evitando, assim, que suas raízes apodreçam. Porém, é importante manter a umidade da orquídea para evitar a proliferação de fungos e bactérias. O ideal é molhá-las com regador para que a quantidade de água seja uniforme. Entre as dicas é importante ainda observar que quando suas folhas ficam escuras é sinal que necessitam de mais exposição ao sol. Também fique atento e não coloque-as em áreas com ventos fortes para não prejudicar as flores. Proteja as orquídeas mantendo-as longe da janela ou varandas abertas.

Comentários

Deixe um comentário

Posts Relacionados